Subcobertura | Sub-cobertura
(11) 4368-8233
» Subcobertura Facefelt
» Subcobertura Midfelt
» Facefelt Roofing
» BRASFOIL
» DURALFOIL
» Subcobertura GIB
» Subcoberutra CIPLAK

Subcobertura BRASFOIL

 

SUBCOBERTURA BRASFOIL

A Subcobertura Isolante BRASFOIL protege o madeiramento do telhado das goteiras, do calor e a sua aplicação é recomendada para todos os tipos de telhados.

  • Bloqueia 95% da Radiação Solar
  • Barreira Impermeável
  • Evita Goteiras
  • Resistente ao Vapor
  • Resistente ao Mofo e Bolor
  • Retém o calor no interior da casa no inverno
  • Resistente à umidade
  • Melhor Custo-Benefício

O funcionamento do BRASFOIL baseia-se no princípio da reflexão da radiação de ondas eletromagnéticas de calor-energia.

O calor irradiado pelo sol aquece por ondas eletromagnéticas, as coberturas ou os telhados de galpões industriais, residências, oficinas, supermercados, lojas, etc., que por sua vez retransmitem essa energia para dentro dos ambientes, causando um desconforto muito grande.

A barreira à radiação BRASFOIL é uma manta laminada com alumínio, super resistente e que reflete 95% deste calor-energia, proporcionando ambientes internos muito mais agradáveis e confortáveis tanto para moradia quanto para o trabalho, além de proporcionar uma significativa economia com gastos de energia para na refrigeração do ambiente.

PRODUTO ESPECIFICAÇÕES
Linha
Modelo
Código
Dim/Vol
Esp.
BRASFOIL
Subcobertura - 1 F
RF1
50m²
1,15 x 43,48 m
BRASFOIL
Subcobertura - 1 F
RF1
30m²
1,15 x 26,09 m
BRASFOIL
Subcobertura - 2 F
RF2
50m²
1,15 x 43,48 m
BRASFOIL
Subcobertura - 2 F
RF2
30m²
1,15 x 26,09 m
BRASFOIL
Fita Adesiva Alumínio
ATN50SP
Rolo
50 mm x 50 m
BRASFOIL
Fita Adesiva Metálica
FITA
Rolo
48 mm x 50 m
BRASFOIL
Telha Impermeab.
ACC5
5,1 l
Cor
BRASFOIL
Telha Impermeab.
ACI5
5,1 l
Incolor

 OTIMIZAÇÃO DO USO DE SUBCOBERTURAS - Considerando a área do Telhado

30 m²

rolo de 30 m²

 

60 m²

2 rolos de 30 m²

90 m²

3 rolos de 30 m2

40 m²

rolo de 50 m²

 

70 m² 

rolo de 50 e de 30 m²

100 m²

2 rolos de 50 m2

50 m²

rolo de 50 m²

 

80 m²

rolo de 50 e de 30 m²

 

40 E 70 m² dará uma perda de 10 m

 

Como funciona:

Conceitos Físicos Simplificados

 

Introdução:

Se um edifício é desconfortavelmente frio no inverno, ou desconfortavelmente quente no verão, ou se o custo com energia é excessivo, então o arquiteto, o engenheiro,  a construtora, o fornecedor e o instalador do isolamento térmico serão todos suscetíveis às críticas pelos proprietários e/ou ocupantes dos edifícios.

Isto aplica-se a residências, escolas, hospitais, fábricas, igrejas, lojas, escritórios, edifícios em fazendas,  armazéns frios etc.

Subcobertura Brasfoil

 

 

Frio:

“O isolante mantêm o frio fora?” é uma pergunta freqüentemente feita.
A resposta é, da mesma maneira que materiais comuns, como o vidro, tijolo, papel de parede, etc e na medida em que ele previne a infiltração do vento.

Frio é a ausência de calor. É o calor que flui em direção ao frio, com exceção em alguns casos diferenciados de convecção ou em convecção forçada por exemplo com ventilador.

Suponha a janela aberta, buracos ou fendas num edifício com calefação. Suponha ainda que o ar fora apesar de muito frio está absolutamente parado. O frio não deverá entrar, mas o calor deverá sair, parte por convecção, um pouco por condução, e grandemente por radiação, até que o equilíbrio térmico entre o edifício e arredores seja alcançado.

Mesmo não tendo aberturas ou buracos e mesmo que assumindo um edifício fechado hermeticamente (ar), apesar de tudo isto, o calor sairá dessa estrutura no inverno por radiação, condução e convecção, porém com menor velocidade.

Suponha duas pequenas caixas quentes, idênticas com exceção que uma delas têm algumas aberturas nela, que são colocadas dentro de um refrigerador muito frio e com ar parado.

O calor sairá das duas caixas até atingir o equilíbrio térmico com o refrigerador, mas com maior velocidade da caixa que têm aberturas.

Portanto, o problema é o estudo do fluxo de calor ou transferência de calor.

 

 

Transferência de Calor:

Todos os elementos (substâncias), incluído nisto todos os materiais de construção (inclusive os isolantes), transferem calor ou resistem ao fluxo de calor através do mesmo método.

As mesmas leis da natureza são obedecidos por todos os objetos físicos, incluindo alumínio, papel, algodão, madeira, fibra de madeiras, pedras, vidro, lã mineral, espaço com ar, gesso, tijolo, ferro, seres humanos, animais, plantas, o sol, a terra etc.

O calor flui apenas por: CONDUÇÃO, CONVECÇÃO e por RADIAÇÃO.
As diferenças estão na intensidade da Condução, a taxa de radiação Absorvida e Emitida e a quantidade de Convecção.

Essas diferenças de quantidades são devidas por diferenças em densidade, peso, formato, permeabilidade, estrutura molecular das superfícies, e outras características físicas comuns.

 

 

Condução:

É o fluxo de calor que atravessa diretamente a matéria, resultado de real contato físico de uma parte de um objeto com a sua parte adjacente, ou de um contato de um objeto com outro.

O objeto pode ser gás como o ar, ou um sólido denso como o ferro, chumbo ou urânio.

A transmissão de calor é por movimento molecular onde as moléculas transmitem sua energia para moléculas adjacentes que têm o movimento aumentado. Isto aumenta as suas temperaturas sem significativo deslocamento das partículas.

O sentido do fluxo de calor em qualquer direção, por condução é do quente para o frio.

 

 

Convecção:

É a transferência ou transporte de calor no meio gasoso ou líquido, através do fluxo do próprio gás ou líquido aquecido.

Em espaços dentro de edifícios transferência de calor por convecção ocorre largamente no sentido de baixo para cima, em alguma quantidade lateralmente e nunca de cima para baixo.

Convecção pode ser ocorrer mecanicamente, por exemplo com o uso de ventiladores chamado convecção forçada.

Convecção livre é quando ocorre naturalmente, que é o caso em espaços nos edifícios.

Por exemplo, no primeiro instante que: um aquecedor, pessoa, piso, parede, móveis etc perde calor é por condução para o ar frio ao redor do objeto, o calor adicionado ativa as moléculas do ar. O ar aquecido expande e torna-se menos denso e sobe enquanto que o ar frio mais denso, flui pela lateral em substituição ao ar quente. O movimento é turbulentamente de baixo para cima, com componentes de movimentos laterais.

 

 

Radiação:
Radiação eletromagnética

Transmissão de energia na forma de ondas, contendo um componente elétrico e outro magnético, por ser produzida pela aceleração de uma carga elétrica em um campo magnético. O espectro da radiação eletromagnética engloba a luz  visível, os raios gama, as ondas de rádio, as microondas, os raios x, ultravioleta, infravermelho.

As diferenças estão no comprimento das ondas e na freqüência da radiação, que fazem com que tenham diferentes características, como o poder de penetração dos raios X ou o aquecimento do infravermelho.

Uma fonte de radiação, como o Sol , pode emitir luz dentro de um espectro variado. Por exemplo, decompondo-se a luz solar com um prisma é possível ver um espectro de cores, como as do arco-íris. Outras são invisíveis ao olho humano mas detectáveis por instrumentos.

 

 

Os Três Processos em Radiação:

Radiação envolve três processos, um deles é o fluxo de raios emanando de uma superfície até um outro objeto e é chamado de EMISSÃO que é medido por uma taxa que é chamada de EMISSIVIDADE.
Os outros dois processos são chamados de ABSORÇÃO  e  REFLEXÃO sendo que suas taxas são chamadas de ABSORVIDADE e REFLETIVIDADE.

 

 

Emissividade:

A taxa com que os raios de calor fluem de uma superfície, ou sua emissividade, está relacionada com a habilidade da superfície em absorver raios de calor. E é medido por comparação à taxa em que  uma superfície que estando às mesmas condições iria absorver toda a radiação que a atingiria  sem nenhuma reflexão.

Todos os materiais possuem as suas emissividades, teoricamente indo de 0 a 1 (100%) em valor. Nenhuma energia seria radiada por uma superfície com emissividade zero enquanto que na outra extremidade teríamos uma superfície com emissividade 1 (100%).

O termo emissividade, que quer dizer a taxa com que flui os raios de calor de uma superfície não é o mesmo que a quantidade do fluxo de calor. Esta quantidade irá variar dependendo do tempo de exposição, temperatura, capacidade calorífica do objeto etc.

A emissividade de materiais comuns como: madeira, papel, vidro, rocha, asfalto, lava e isolantes comuns é aproximadamente 90% da taxa máxima.

Alumínio comercial puro como o filme de alumínio têm emissividade de apenas 3% a 5% muito perto do zero da escala de emissividade.

Independente do tipo de material usado na confecção dos objetos, caso a superfície de um deles for coberto com um material com 90% de emissividade e a superfície do outro com um material com 3% de emissividade, teremos uma drástica diferença nas taxas de radiação ou fluxo de raios de calor destes dois objetos idênticos.

Por exemplo, tenha 4 radiadores de ferro que possuem emissividade da sua superfície de 24% e pinte um deles com pintura aluminizada ou bronzeada, outra com pintura comum, cubra a terceira com asbesto e a quarta  com o BRASFOIL.

O radiador pintado com tinta comum e o radiador coberto com asbesto irá irradiar mais por causa da alta emissividade destes materiais. Muito maior que a da pintura aluminizada e maior também que originalmente de ferro.

Mesmo pintando a superfície pintada anteriormente com tinta aluminizada ou pintando o BRASFOIL com tinta comum mudaremos a emissividade para 90%.

 

 

Absorvidade e Refletividade:

Quando raios de energia de qualquer comprimento de onda atingem a superfície de um objeto o calor é gerado no objeto no grau de absorção destes raios. Este calor então espalha-se através da massa deste objeto por condução.

Os raios infra vermelhos com seus comprimentos de onda longos geram enormes quantidades de energia  a mais que os raios de luz com seus comprimentos de ondas curtas.

As superfícies metálicas são geralmente boas refletoras e pobres absorvedores e também pobres emissores de radiação. O ouro, prata e alumínio têm uma refletividade de mais de 95% com uma absorvidade e emissividade de 5% ou menos. Mesmo o ferro comum têm uma emissividade de 24% e refletividade de 76%.

A isolação térmica com o uso de um metal é possível fazendo uso da vantagem da baixa emissividade térmica do alumínio e da baixa condutibilidade térmica do ar, sendo que é possível eliminar praticamente a transferência de calor por radiação e por condução.

 

*Os textos e fotos acima foram extraídos diretamente do site da BRASFOIL.

Instalação BRASFOIL
------------------------
------------------------
------------------------
 
 
© Todos os direitos reservados para Portal das Telhas